A Lucy chegou no começo da minha jornada por uma vida mais natural. Acredito que todos os animais podem nos aproximar da natureza e ensinar sobre um estilo de vida mais leve. Também cuido, amo e aprendo muito com minhas gatas, galinhas e gansos.

Em casa ela fica livre a maior parte do tempo, mas dorme no cercado. No trabalho – sim, ela vai trabalhar comigo! – fica solta no quintal o dia todo, exceto quando chove ou faz muito frio. Pensando nisso montamos um cercadinho com aramado de loja que é bem barato, resistente e editável. Não gosto de gaiolas, nem as mais espaçosas. Afinal, coelhos precisam correr, pular, xeretar, mas também precisam de uma casinha.

Lucy se alimenta de ração para coelhos filhotes à base de ingredientes naturais e não transgênicos. Também come folhas verdes escuras como catalônia, couve e almeirão. Feno à vontade ajuda na digestão e desgastar os dentes. Petiscos como frutas (maçã, morango e abacaxi) ou a clássica cenoura são dados em minúsculos pedacinhos somente uma ou duas vezes por semana.

Olha que legal: coelhos podem fazer as necessidades usando somente a caixa higiênica, assim como os gatos! Até tentei usar o granulado de madeira, mas substitui pela toalha de tecido.

O granulado de madeira é uma alternativa ecológica, pois é biodegradável e pode ser diluído na água da privada. Embora use para o banheirinho das gatas, com a Lucy não deu certo: toda vez que ia usar acabava virando um croquete! Decidi mudar. A toalha de tecido resolveu a questão do xixi. Sujou? Lavo a mão com sabão de coco e deixo tomar sol no varal pra secar.

Lucy faz bolinhas de cocô. Muitas. Não tem odor e são quase sempre são sequinhas. Esse cocô é considerado um dos melhores adubos animais. Sim, coelhos são uma fabriquinha de adubo! O cocô não é tão ácido como o esterco das aves, então dá para jogar direto no vasinho, horta ou jardim. Dar descarga é uma opção, mas acho desperdício.

Ah, uma curiosidade! Coelhos gostam de se alimentar e deitar dentro do banheirinho. Às vezes também comem suas bolinhas de cocô, mas é saudável e tem a ver com a reabsorção dos nutrientes que é característico da espécie.

Coelhos são auto-limpantes, tomam banho com as próprias lambidas. Não precisam – e não devem – tomar banho com água, pois são muito sensíveis. Na hora de faxinar não uso produtos de limpeza industrializados cheios de ingredientes duvidosos e nocivos. Vinagre diluído na água é suficiente para limpar o chão.

Brinquedos para coelhos são naturais. Considere que os coelhos adoram roer, afinal precisam desgastar os dentes que não param de crescer desde quando nascem. Palha, papelão, madeira e pinha são os brinquedos favoritos da Lucy. Mas também entram para a lista passeios no gramado e muito carinho.

Desde que a Lucy chegou aprendeu a usar a coleirinha. É importante que seja confortável do tipo colete.  A guia ajuda a evitar que siga na direção de algo perigoso, mas deixo que ela siga no próprio ritmo: se quiser correr, corremos. Se quiser ficar quietinha, acompanho. O passeio é sempre um momento de contemplação.

Sabe o que é mais fofo que um coelho? Produtos não testados em animais. É muito triste, mas coelhos ainda são utilizados em testes da indústria cosmética e farmacêutica. Os selos cruelty-free  sinalizam marcas que não testam em animais.

Ao adotar um coelhinho é legal procurar um veterinário de animais exóticos para esclarecer todas as dúvidas, além de colocar na ponta do lápis todos os investimentos. Coelhos requerem atenção e não gostam de ficar muito tempo sozinhos. Não indico para crianças muito pequenas ou inexperientes com animais.

Depois que ganhei a confiança da Lucy recebo muitas cutucadas e lambidinhas.

🐰 Acompanhe as aventuras da Lucy no instagram @diadepet.

Participe do blog

O seu endereço de e-mail não será publicado.