Gostaria de dar um sentido mais verde para a minha vida e pensei: “Acho que posso deixar de depender desse amontado de industrializados e sintéticos”. Comecei a pesquisar sobre diminuição de resíduos. E se eu pudesse parar de produzir lixo? Desafiador. A abordagem se desenvolve em cinco tópicos, os cinco R’s:

1. Refuse ou Recusar. Dizer não. Recusar o desnecessário. Recusar as coisas que você não precisa que normalmente são as coisas que você acha que precisa (quando não precisa realmente). Dizer não para milhares de papeizinhos, plastiquinhos, embalagens, dentre outros cacarecos que serão descartados tão logo foram aceitos.

2. Reduce ou Reduzir. Evitar o excesso. Evitar o acúmulo. Doar aquilo que não se usa, mas ainda pode ter uso para alguém. Diminuir o consumo. Simplificar o cotidiano. Usufruir do que é versátil, ou seja, aquilo que é feito para mais de uma finalidade. Considerar qualidade ao invés de quantidade.

3. Reuse ou Reusar. Substituir o descartável pelo reutilizável. Considerar a durabilidade. Usar ao máximo aquilo que já existe. Consertar. Reformar.

4. Recycle ou Reciclar. Praticar a coleta seletiva. Destinar os recicláveis para a reciclagem. Repensar aquilo que ainda é descartado.

5. Rot ou Compostar. Praticar a compostagem dos resíduos orgânicos. Preferir composições que retornam à natureza sem causar danos. Transformar em adubo.

Senti que precisava começar AGORA. Foi quando percebi que já havia começado… Há algum tempo não acumulava vestuários e cosméticos. Estava sempre de olho nas coisas para descobrir se usaria (de fato) ou se já estava na hora de passar adiante. Praticava compostagem. Já não aceitava (há um bom tempo) as sacolas plásticas nos mercados.

Vou contar as experiências no blog, mas também dá para acompanhar lá no instagram.

Participe do blog

O seu endereço de e-mail não será publicado.