Juá é o fruto do juazeiro. O pó dental feito com juá é um higienizante natural. Ajuda a combater cárie, placa bacteriana e mau hálito. Contém saponina, e por isso espuma bastante. O sabor é amargo, mas já me acostumei. Dá para “adoçar” com stevia que, além de ser natural, também evita as cáries. É só colocar um pouquinho na escova, molhar e escovar.

A escova plástica não é reciclável, mas a escova de bambu é compostável. Quer dizer que com o passar o tempo ela se degrada e transforma em adubo. Legal né? As cerdas são super macias, feitas de fibras de bambu com carvão ativado. O material não deixa proliferar fungos e bactérias. E quando não dá mais para usar? É só enterrar na hortinha. Dá até para usar de suporte para as mudinhas.

A escova de cabelo de madeira não é uma novidade para mim, uso há muitos anos. Acho que desembaraça os cachos com mais facilidade sem quebrar os fios. Uso durante o banho e nunca mofou. Essa da foto comprei numa loja de artesanatos em Bonito (MS) em 2017. Ainda está inteira, mas se quebrar pode ser compostada.

Troquei o papel pela ducha higiênica. Ao invés de usar o papel, a limpeza é feita com a água. Simples assim. Depois é só secar usando uma toalhinha (e lavando as mãos). Como não há papel, não há lixo. Para as visitas aviso para trazerem a própria toalhinha. Em todo caso há rolos de papel no armário caso alguém não acate à ideia.

Para fazer sabão natural e vegetal é preciso muita atenção e afeto. O manuseio responsável do hidróxido, o cuidado com os ingredientes, o carinho durante o feitio, a espera pela cura que no processo a frio pode levar 30 dias ou mais. O meu favorito é de Castilla. É feito com azeite de oliva, hidróxido de sódio, água e óleo essencial.

💚 Quando digo natural é porque é feito com matérias de origem natural como o azeite de oliva na fórmula do sabão ou até mesmo a madeira biodegradável da escova. Ou seja: são produtos que não contém plástico, sulfato, petrolato, tensoativo, aromas ou conservantes sintéticos.

Próximas mudanças: Quando a esponja de banho (sintética) acabar vou substituir pela bucha vegetal. Quando o barbeador (plástico) acabar vou substituir pelo barbeador tradicional de lâminas (safety razor). Pretendo encontrar um alternativa para o cotonete e enxaguante bucal, embora não use.

Participe do blog

O seu endereço de e-mail não será publicado.